Ces Inteligentes - Victor Rezende

Perguntas Frequentes

  1. Quero adestrar meu co. Qual idade ideal para comear?
  2. A partir de 2 meses de idade, qualquer cão poderá ser adestrado. Porém, o trabalho de adestramento deve ser adequado de acordo com a idade e maturidade de seu cão. Por exemplo, um cão de 3 ou 4 meses você precisa de 10min por dia de treinamento e não mais do que isso. Já um cão de 1 ano de idade, você já pode trabalhar durante uns 30min, dependendo da disposição do cão. 

  3. possivel adestrar um co j adulto?
  4. Sim. Em qualquer idade o cão pode ser adestrado. Em cachorros com idade mais avançada, o treinamento pode ser um pouco mais demorado devido ao tempo de condicionamento já estabelecido em sua história de vida. No entanto, é perfeitamente possível adestrá-lo.

  5. Tenho um co de 4 meses de idade que mastiga tudo que est ao seu alcance e est destruindo minha casa. Isso normal?
  6. Este problema é chamado de Mastigação destrutiva. É comum em cães jovens e é responsável pelas queixas de grande parte dos proprietários de filhotes. Pode levar a lesões no animal e a problemas de convivência diários. O proprietário deve marcar uma visita com o Treinador de Cães para ser orientado sobre como educar o animal, para evitar esse problema.

  7. Qual raa de co pode ser adestrada? Voc adestra qualquer raa de cachorro?
  8. Sim, eu treino qualquer raça de cachorro. Cães de todas as raças podem ser adestrados. Um bom Treindador de Cães é capacitado para adestrar qualquer cachorro de forma inteligente, utilizando o reforço positivo.

  9. Quero adestrar meu co para fazer xixi e coc no mesmo lugar. Atualmente ele faz por toda a casa? O que fazer?
  10. Este problema é conhecido como Sujeira Doméstica. Caracteriza-se como marcação urinária e evacuação inadequadas, ou seja, urinar e defecar fora do local estipulado pelo dono. Para resolvê-lo, é necessário um treinamento diário com o cão e que envolva escolha de um local adequado e de fácil acesso para o animal, mudança na rotina e na estrutura do ambiente em que cão vive, horário para alimentação, etc. No mais, o dono do cachorro deve entrar em contato com o Treinador de cães, Victor Rezende, para que ele possa ajudá-lo a desenvolver um esquema de treinamento adequado.

  11. Meu co j foi adestrado e ficou 4 meses fora. Agora ele s obedede o adestrador. possvel resolver esse problema?
  12. Em um treinamento, a participação do proprietário é a garantia do sucesso do trabalho. O adestrador tem a função de intervir em uma relação já estabelecida entre o proprietário e o animal e tentar identificar em qual momento começaram os problemas de convivência para, a partir daí, proporcionar soluções viáveis.

    Nesse caso, especificamente, é possível resolver o problema. O cão e o dono devem passar por um novo treinamento para que o adestrador ensine ao dono sobre como conduzir e controlar o seu animal. Daí da em diante, o proprietário será o responsável em dar continuidade ao aprendizado, compreendendo o processo e praticando em seu dia-a-dia.

  13. Por que meu co tem medo de pessoas e objetos estranhos?
  14. Seu cão pode não ter sido bem socializado na fase de filhote que vai desde o nascimento até + ou - 1 ano e meio de vida.

    Todo filhote, após ser separado da ninhada, precisa ser socializado, isto é, ser exposto a diversos tipos de estímulos, como por exemplo, pessoas e lugares diferentes, objetos, crianças, animais, dentre outros. Existe um período crítico de socialização, compreendido entre a 8ª e 12ª semana de vida. Mas a importância da socialização se estende até a fase adulta. No entanto, a socialização deve ser feita de maneira criteriosa, em parceria com um Médico Veterinário, evitando a exposição a certas doenças e ambientes contaminados.

    O animal que não passou pela socialização adequada, enquanto filhote, pode apresentar, na fase adulta, problemas comportamentais relacionados ao medo excessivo de pessoas, objetos ou outros animais. Outras possíveis causas do medo seriam variáveis genéticas, temperamento e experiências traumáticas. Se você acabou de adquirir um filhote, uma visita do Treinador de cães Victor Rezende, poderá ser importante para ajudá-lo a evitar esse tipo de problema. Caso o cão seja adulto, um treinamento é necessário para minimizar o problema.

  15. Ao sair de casa meu co mastiga minhas roupas, cava o sof, arranha a porta e o latido constante. O que isso?
  16. Isso pode ser Ansiedade de Separação. É um problema típico de cães com ligação muito forte com o proprietário que, ao ficar ausente ou modificar sua rotina, faz com que seu animal emita comportamentos inadequados como destruição de objetos do dono, escavação, sujeira doméstica, vocalização excessiva e ansiedade pré-partida. Esses são comportamentos típicos de um cão que quer ir de encontro ao "membro da matilha" que se afasta. Neste caso, o adestrador, através do treinamento de obediência, irá trabalhar fatores como distração, ocupação, modificação da rotina e controle sobre o comportamento do animal.

  17. Acho engraado quando meu cachorro corre atrs do rabo e late. Isso normal?
  18. Não. O comportamento de perseguição de cauda é um distúrbio compulsivo que pode ser gerado pelo que chamamos de “comportamento de deslocamento”. Eles são causados por conflitos ou frustrações quando o animal não consegue perseguir uma presa, alcançar um brinquedo que está fora do seu alcance ou mesmo atingir um objetivo por não conseguir romper uma barreira física. É muito comum o proprietário achar engraçado e reforçar essa ação oferecendo um agrado ou petisco ao animal no momento da perseguição, o que faz com que esse comportamento seja fortalecido em seu repertório comportamental.

    É necessário que o treinador de cães identifique o que desencadeia o comportamento de perseguição de cauda para trabalhar a modificação das variáveis (ou causas) que estímulam o cão a emitir esse comportamento.

    Problemas fisiológicos ou neuropatológicos também podem ser a causa desse comportamento. Nesse caso, o Médico Veterinário é o profissional indicado para tratar a origem do distúrbio.

  19. perigoso treinhar um Rotweiller para guarda?
  20. Treinar um cão de guarda seja ele Rotweiller, Pastor Alemão, Doberman ou Pastor Belga Malinois, não é perigoso, desde que o treinador seja capacitado para isso. No treinamento são trabalhados os impulsos naturais de caça e defesa do animal, no qual o comportamento agressivo, para determinadas situações, serão controlados pelo treinamento. E ainda, a participação do proprietário é fundamental para aprender a “colocar” controle no comportamento do seu cão.

    Ao contrário do que se vê no dia a dia, um cão de guarda bem treinado se torna um valente protetor de seu dono e da família. Ele morde, ataca e larga somente sob comando ou em situações nas quais o território é invadido por alguém suspeito. Ele jamais deve atacar o dono ou um membro da família. 

    Um cão que após adestramento para guarda morde qualquer pessoa incluindo o dono e as pessoas da família, é bem provável que ele tenha passado por um treinamento inadequado. 

Todos os direitos reservados - Ces inteligentes por Victor Rezende - Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil